quarta-feira, 4 de julho de 2012 às 18:09 Postado por Leonardo Peixe 0 Comments

Não se deixem enganar pela embalagem bacana e pelo site bem organizado da D-Link.  Ao dar de cara com o modem 500-B fujam!  O produto acaba de fazer mais uma vítima causando indignação ao proprietário.

Leonardo Peixe adquiriu o modem infame após ter tido problemas com outro da mesma marca.  De início, o relacionamento parecia feliz e o 500-B fazia seu trabalho de conexão à Internet corretamente.

Porém, há mais ou menos dois meses, ele começou a modificar o seu comportamento recusando-se à buscar o sinal ADSL.  Entretanto, quando lhe dava na placa, fazia o trabalho de forma preguiçosa.  A conexão era feita conforme a vontade do aparelho.

Peixe buscou a ajuda de especialistas pensando se tratar de um mal funcionamento na linha.  Mas logo foi constatado que o 500-B era realmente o culpado.  Após tentar algumas configurações, o modem demonstrou um comportamento ainda mais agressivo perante o proprietário:  resolveu que não iria mais subir o sinal e foi para o beleléu!

Sem acesso à web, o Nerd Etílico ficou sem atualizações por um bom período.  A dor de cabeça só acabou quando o modem foi inutilizado e trocado por outro de marca diferente.

Geeks de diversos fóruns na Internet condenam o uso do 500-B.  Profissionais de T.I. com anos de mercado atestam que a compra do aparelho causará danos aos bolsos dos possíveis donos.  Portanto, se você encontrar com um modem D-Link modelo 500-B, NÃO COMPRE!  Caso tenha sido uma vítima, denuncie para o atendimento da empresa pelo 0800-7024104.

Relatos recentes indicam que o software do 500-B está sendo aperfeiçoado pela empresa SkyNet que, em 1991, foi invadida por Sarah Connor e um estranho que tinha a cara do Arnold Schwarzenegger.

0 Responses so far.

    Perfil

    Minha foto
    Analista de Sistemas, jornalista, fã de Star Wars e cultura NERD.

    Frequentadores